<>

Home » Poesias Quinta-Feira, 17 de Agosto de 2017







[ A ] [ B ] [ C ] [ D ] [ E ] [ F ] [ G ] [ H ] [ I ] [ J ] [ K ] [ L ] [ M ] [ N ] [ O ] [ P ] [ Q ] [ R ] [ S ] [ T ] [ U ] [ V ] [ W ] [ X ] [ Y ] [ Z ] [ 1 ... 9 ]


assim morreu o nosso amor
por: Vivaldo Terres

ASSIM MORREU O NOSSO AMOR

Como sempre, morrem as flores,
Morreu assim o nosso amor,
Era tudo tão lindo e cativante,
Que me supunha, um sofredor.

Mas realmente, na verdade era paixão,
Que eu sentia por você,
Às vezes, quase louco de ciúme,
Via o dia em que isso ia acontecer.

E foi num dia feliz, em que o sol para todos brilhava,
Que eu soluçando baixinho,
Suas frases finais, escutava;
Desculpe-me se sou tão dura,
De por fim nesse nosso romance,
Que não ia levar a coisa alguma,
E na verdade, era muito desgastante.

Nesse momento, eu não tive palavras,
Para amenizar o meu sofrimento,
Levantando-me da cadeira ainda tonto,
Mas mesmo assim,
Consegui chegar ao portão.

E você foi embora,
Deixando-me a dor no meu tão sofrido coração,
Hoje, me procuras para dizer-me,
Que errastes e errastes demais,
E que agora choras por não quereres,
Dar seqüência a esse amor entre nós,
Que infelizmente teve fim a tempos atrás.

Vivaldo Terres